Oficina de Costura

Oficineira: Marcita Amores – Costureira

Oficina de Vulvas Descrição:

A oficina tem o intuito de levar, através de uma técnica ancestral (costura à mão), reflexões e questionamentos sobre a condição de subordinação das mulheres numa sociedade patriarcal.

Utilizando-se de uma atividade lúdica e estimulando a criatividade individual das participantes, debate questões como: autonomia, auto-estima, auto-conhecimento e sexualidade.

A oficina divide-se em 2 partes:

A exibição do documentário “Clitóris, o prazer proibido”, que , revela a anatomia escondida, tratando da sexualidade da mulher, contando como o tema foi ocultado pela própria medicina em muitos momentos da história e expõe atos de violência como a castração clitoriana.

As mulheres se informam sobre sua própria anatomia, conhecendo melhor esse orgão que tem como função específica o prazer, e como esse prazer é castrado de diversas formas em sociedades patriarcais.

Na segunda, a criação das vulvas, são ensinadas técnicas de costura à mão enquanto é debatido o documentário, gerando temas que tratam específicamente da condição de ser mulher.

A oficina é realizada no Ateliê Feminista, um laboratório de atividades e reflexões que visam desenvolver autonomia tendo a costura como ferramenta de empoderamento.
Aberto diariamente, mantém máquinas de costura com acesso livre, oficinas semanais gratuitas e orientação diária de como transformar uma roupa, concertar ou desenvolver por completo a criação de um objeto de tecido.

 

É sempre importante lembrar, que todo conhecimento adquirido deve ser transmitido!

 

Todas as Quintas e Sextas às 17hrs. 

Contato da Artista:

https://www.facebook.com/marcita.amores